Pessoas Seguras: 8 traços de personalidade para incorporar

Pessoas Seguras: 8 traços de personalidade para incorporar

25 de abril de 2016 0 Por Bruno Roma
Geralmente não nos sentimos seguros com nossas ações no dia-a-dia, principalmente quando estamos enfrentando uma nova situação no trabalho, vida financeira, relacionamento, etc.

Os traços que tornam as pessoas verdadeiramente seguras podem ser aprendidos e exercitados por qualquer um. Seguem abaixo os traços percebidos e publicados por Mareo McCracken sobre  pessoas seguras:

1. Assumem Responsabilidade
Pessoas seguras não culpam os outros. Não importa o contexto, pessoas seguras entendem que conhecer os sentimentos, emoções e objetivos de cada um é o único caminho para o sucesso.

2. Perseguir o Progresso
Pessoas seguras não procuram a perfeição, mas são movidas pela possibilidade de melhoria diária.
Para uma pessoa segura, a “pessoa perfeita” é aquela que já sabe quem realmente é e já tem plena confiança de suas capacidades. Contudo, a melhoria diária é uma escolha, bem como uma jornada que nos leva a ser uma pessoa melhor a cada dia.

3. Não fofocam, mas positivam
Pessoas seguras não falam sobre outras pessoas. Elas falam sobre projetos, viagens, culturas, ideias, planos, objetivos, metas, e aspirações.

Eles reconhecem a importância de manterem a mente positiva, ou ao menos neutra.

4. Entendem a força de dizerem “não”
Pessoas seguras não prometem além do que é possível entregar. Elas entendem o valor do tempo e do esforço e são conscientes em empenhar-se em assuntos que estão alinhadas com seus objetivos, crenças e paixões.

Fazendo isso, podemos dar o nosso melhor todo o tempo.

5. Honram suas mentes e seus corpos
Pessoas seguras sabem que precisam cuidar de si mesmas para fazer e ser o seu melhor.
De forma balanceada, incluem na rotina exercícios, relacionamentos, comer bem, educação, trabalho duro, e uma boa noite de sono.

6. Sabem e agem segundo seus “porquês”
Pessoas seguras têm um propósito. A razão por de trás de uma ação direciona o entusiasmo para aquela ação.

Como resultado eles são animados, dedicados, apaixonados e corajosos. E compartilham suas paixões com os outros.

7. Pedem por ajuda
Pessoas seguras sabem que realizar tudo sozinho é algo impossível. Elas pedem ajuda com frequência. Pessoas seguras não se sentem ameaçadas quando procuram a ajuda de outras pessoas.

Pessoas seguras adoram ajudar, mas elas também adoram ser ajudadas.

8. Ver a falha como um aprendizado
Pessoas seguras não veem as falhas como um fim, mas ao invés disso, veem como uma ferramenta de crescimento.  Reconhecem que no caminho para o sucesso existirão tentativas, desafios e obstáculos, mas sabem que perseverança sempre vence no final.

Lembre-se, aprender com o outro não significa que você está se tornando um espelho desta pessoa. Ao invés disso, pegue o que for melhor, encontre uma maneira de incorporar na sua rotina, e sempre tenha certeza que suas ações estão alinhadas com os resultados que você busca.

Observar e aprender a partir das ações dos outros irá ajudá-lo a aprender mais sobre você, porque esse é o melhor jeito de nos tornarmos o melhor de nós mesmos.

Meus comentários:
Realmente a busca por melhorar nossas atitudes precisa ser uma atividade diária. Observar e aprender com pessoas que já se desenvolveram antes de nós é o melhor atalho.

Tenho procurado me desenvolver alinhado com os pontos acima, mas sobretudo seguindo o item 7. Sozinho, nem o mais inteligente e habilidoso conseguirá ir muito longe na vida, por isso é preciso se conectar com os que estão a sua volta de forma verdadeira, pois o grupo sempre será mais forte do que o indivíduo.

Li, traduzi e comentei influenciado pelo post do site INC.com, veja o artigo original.